segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

De Perfil

Sacudo a cabeça
e tiro este véu rendilhado
que me cobre a face
ofereço-te assim
meu sorrir
solto de ironias
meu corpo sequioso
de paixão
qual labareda
que consome tudo ao seu redor
quero amar sem reservas
e fazer-te feliz
nem que seja um instante
ou uma eternidade
que se sacia
nesta lava
de desejo…





© Piedade Araújo Sol



4 Comments:

Scoya said...

E é esse desejo que "nos" consome e "nos" faz ir mais além....
É o desejo de ser e fazer ser.
Um beijinho

Mercúrio said...

Que belo "instante"

Heraclita said...

cada vez gosto mais de ler a sua poesia :) continue! Feliz ano novo! beijinho*

© Piedade Araújo Sol said...

scoya,mercurio e heraclita.

obrigada pelos vossos comentarios, sempre tao gentis.

ainda bem que gostam da minha maneira de fazer poesia.

e há mais no http://olharemtonsdemaresia.blogspot.com/ é só dar uma olhadela.

Bom Ano!