quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

Consumo

Este consumo que nos consome


Consumos de todas as realidades e produtos que andam, quais satélites, em nosso redor.


Este individualismo, umbiguista, que nos faz voltar para dentro de nós, numa confissão repleta de tricas e segredos, que sentimos como um poder revisitado com ar fascista de quem tudo quer e tudo pode.

2 Comments:

PJ: said...

A época natalícia deprime-me cada vez mais, porque existe um crescente número de pessoas que têm como passatempo favorito admirar os seus umbigos ao espelho.

Beijos,

Pedro José :)

Scoya said...

Esse sentimento avassalador que nos percorre o espírito...

Um beijinho