segunda-feira, 12 de novembro de 2007

Da série roupa vermelha: as calças

(amanhã vou comprar umas calças vermelhas porque não tenho rigorosamente nada a perder contei um a um todos os degraus sei quantas voltas dei à chave sublinhei as frases importantes aparei os cedros fechei em código toda a escrita. amanhã comprarei calças vermelhas fixarei o calendário agrícola afiarei as facas ensaiarei um número abrirei o livro na mesma página descobrirei alguma pista)
.

1 Comment:

Andreia Ferreira said...

"todo o amor do mundo não foi suficiente
porque o amor não serve de nada.
ficaram só os papéis e a tristeza, ficou só a amargura e a cinza dos cigarros e da Morte.
Os domingos e as noites que passámos a fazer planos não foram suficientes e Foram
Demasiados porque hoje são como sangue no teu rosto, são como
Lágrimas.
Sei que nos amámos muito e um dia, quando já não te encontrar em cada instante, cada hora, Não irei negar isso. não irei negar nunca que te amei. nem mesmo quando estiver Deitado,
Nu, sobre os lençóis de outra e ela me obrigar a dizer que a amo antes de a Foder"

A minha preferida... :)

Beijo*