sexta-feira, 30 de novembro de 2007




Cada momento que me deste
Foi dado uma só vez....
E naquele enorme círculo,
Que nos acolheu,
Não existe enternecimento
Para os que não têm coragem
E permanecem no fingimento!
Aquele enorme círculo da noite...

É tarde, mais tarde já será tarde.

O tempo apaga tudo menos
a linha branca que, como uma aura,
circunda o teu rosto.

O tempo apaga tudo menos
a triste dor do que não foi vivido.
Liliana

1 Comment:

Scoya said...

Como este texto entrou em mim e fez sentido.
Dói tão mais sentir aquilo que não foi vivido por impedimento...

Um beijinho e parabéns!