sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Sussurros e poesia-2ºFôlego



Foto por Nuno Reis http://www.noir-sur-blanc.blogspot.com

Se alguém te perguntar se estás triste, sorri e mente. Não mostres os teus olhos vermelhos porque os homens preferem vê-los pintados de outra cor. Quando sentires frio dentro de ti, cobre-te de luxúria e prazer e espera que o teu corpo aqueça. Por precaução, costura o teu passado no decote e espera que num momento mais quente o rasguem de olhos fechados para não o verem...o mundo é mais compreensivo quando é cego.
Depois embrulha o teu corpo numa fita veludo e aguarda que um olhar te deseje como presente, mas não esperes receber flores da mão que te despir. ..porque as rosas são para os contos de fadas e tu perdeste a tua magia quando arriscaste amar a sério alguém. Agora do amor que sentes só mereces uma coroa de espinhos e as flores nunca serão para ti.
Então não chores nessa janela porque ninguém te vê por detrás desse vidro empoeirado , és invisível aos olhos de quem por ela passa . Sempre foste assim, apenas já não te lembravas de como era senti-lo...
É por isso que te refugias nas palavras como um vagabundo que procura abrigo em cada canto da rua? Não encontras palha para fazer o teu ninho e então gritas com elas para libertares toda a tua fúria contida. E porque gostas de manter aquela imagem suave e doce que acalma os outros sorris...e quem te acalma a ti, quando sentes que vais explodir em pedaços? Olhaste bem em teu redor?
Não te admires se não vires ninguém e não te belisques porque não é um sonho...é apenas o teu maior pesadelo.



The Arcade Fire - Rebellion (Lies)


Porquê ter medo da solidão
se a solidão é a tua única companhia?
Porque choras quando olhas
Para as paredes vazias?
Foram só recordações que delas arrancaste...
Tens tela e pincéis
Então, porque não pintas novos quadros?
Tens tantas cores nos reflexos das tuas lágrimas
Porque não tentas
pintar um arco-íris nos teus olhos...
Não desistas
De imaginar que salpicas o céu
Só porque Deus
Fez os teus olhos com a cor da terra...
Porque a tua imaginação
Tem asas
Sabes bem que o chão nunca poderá ser a tua casa...

Se tiveres de voar sozinha, então não receies a solidão do teu voo porque os pássaros abrirão caminho por entre as nuvens e o sol não te faltará. Tu és como eles e vives cantando sentimentos por isso nunca te pedirão que silencies a tua dor nem que escondas os teus desejos por conveniência só porque temem as tuas tempestades.
Tens nos dedos a força da liberdade das palavras e a coragem para encher o céu com palavras apaixonadas mesmo que o mundo teime em caminhar com os olhos postos no chão...
Pelo menos tu sabes como fazer dos teus lábios rebuçados e escolhes livremente as bocas que os poderão provar... não te limitas a distribuir a mil porcos os teus beijos como se fossem guloseimas só porque por eles salivam.

Por isso...

Beija estes lábios
que em chocolate
foram moldados
e deixa-te ficar assim
perdido na minha boca
até que o meu corpo
se ofereça a ti como sobremesa.
Depois com o meu coração nas tuas mãos
caminha lentamente
até aquela janela empoeirada onde eu chorava...
Então, abre-a com cuidado
para eu não a ouvir gemer
e solta-me com os olhos fechados
porque eu só
sei voar na escuridão...

Daniela Pereira in Afectos Obsessivos-A poesia curiosamente sem açúcar,Edições Ecopy

6 Comments:

Manuel Marques said...

Soube bem ler esta pequena maravilha!!! E voar mas voar tão alto que nunca mais os olhos se fixem no chão de formas inertes, de nevoeiros densos que nada nos deixam ver, que tudo nos destroem! Apenas viver! Na escuridão do que não importa que venha à luz do dia! Beijos e parabéns!!!

blueiela said...

manuel marques

Muito obrigado por ter partilhado comigo este voo:)


beijos

daniela pereira

anjinluz said...

"...Tens nos dedos a força da liberdade das palavras e a coragem para encher o céu com palavras apaixonadas mesmo que o mundo teime em caminhar com os olhos postos no chão..."

Se soubésses o quanto falaste comigo nesses momentos..

obrigada
belo blog.

blueiela said...

anjiluz


:)Eu é que te agradeço por me fazeres sentir que cada sentimento que aqui deixo tem uma sombra igual a si mesmo em qualquer parte...Esse é o maior prazer que podemos ter quando nos atrevemos a partilhar nas palavras os nossos segredos...
Obrigado pela visita ao Devaneios...volta sempre que quiseres,ok?;)

beijinhos

daniela pereira

PJ: said...

Ena, um dos melhores 'posts' deste blogue!!!

Adorei todos estes caminhos que me fizeste percorrer, amei!

Beijos e muitos parabéns,

Pedro José :)

blueiela said...

PJ

:)Obrigado pela imensa simpatia e apreço ...É bom quando fazemos viajar quem nos lê...mesmo muito bom.


beijinhos

daniela