segunda-feira, 16 de junho de 2008

.
querias que o teu corpo fosse apenas o teu corpo.decides atear-lhe o fogo com lumes passageiros na esperança que o cheiro que ele deixou se apague.mas esqueces-te que é Dele o odor a carne queimada que agora libertas.
.
[Também aqui]

4 Comments:

Alma lunar said...

Forte, provocador. Gostei de ler!

Andreia Ferreira said...

Obrigada! :) Beijinho

Rui Caetano said...

O corpo é o nosso segredo, o corpo é o nosso grande caminho a percorrer. Adorei este texto.

Andreia Ferreira said...

e quando deixa de ser segredo, o que fazer com ele? Obrigada! :) Beijinho.