domingo, 2 de dezembro de 2007

em fuga




Estou em fuga....


Fujo do meu próprio coração e do que ele tem para me dizer....


fujoooooooooo


neste amanhecer, que me traz tanto de novo e de incompreensível.


Fujo de mim...


Fujo de Ti...


Fujo?

3 Comments:

SF said...

Nunca vires as costas... acredito que, aquilo de que hoje fugimos, amanhã virá atrás de nós.
Beijinhos

Heraclita said...

Um texto que se agarra com as mãos e desfaz-se entre os dedos... Siga o seu coração! Não é por acaso que se diz: "ouve a voz do teu coração..."

Beijinho, colega! ;)

Scoya said...

Desde que voltes...encontra-te primeiro :)