quarta-feira, 28 de novembro de 2007

(SUB) MISSÃO

Bato na tecla
Ao ritmo de uma imagem por carácter
No passo ora trôpego, ora bruto
Em busca do trauma original
Curvo-me pescando e repuxando
A memória
Atemorizado pela sucessão
De recordações (minhas?)
Que se atiram sobre o abismo
Involuntariamente

Mário Lisboa Duarte


Pintura Rupestre por Frederico Fonseca

COPYRIGHT MARGEM D'ARTE

1 Comment:

Scoya said...

Cuidado...não vás com elas...Lembra-te que para as teres de volta, precisas de ficar aí, deixando-as ir embora e regressar numa espécie de vaivém.

Um beijinho