terça-feira, 6 de novembro de 2007

Charles Baudelaire disse...

"Quantos pressentimentos e sinais Deus me enviou, avisando-me de que já era mais do que tempo de agir, que devia considerar o momento presente como o mais importante de todos, e que devia fazer do tormento que o trabalho costuma ser para mim, a mais duradoira de todas as delícias!"

1 Comment:

Scoya said...

Ah como eu deveria seguir esses ensinamentos...mas prefiro pegar nos seus livros e perder-me no som das suas palavras...